Geopolítica das vacinas é tema de webinário da Rede CoVida

Apesar do desenvolvimento recorde de vacinas contra a Covid-19, a pandemia não parece estar próxima do fim. A distribuição e inoculação dos imunizantes tem explicitado um sério problema de direitos humanos: segundo a OMS, 75% das doses das vacinas contra a Covid estão concentradas em apenas 10 países, e a quantidade produzida até hoje daria para ter vacinado todos os idosos e profissionais de saúde do mundo, as duas categorias que mais morreram na pandemia. 

Nesse cenário, tem aumentado a pressão por quebra de patentes como solução para este problema a longo prazo e os questionamentos sobre o papel da OMS e do mecanismo Covax/Facility na redução dessas desigualdades, que tem o objetivo de garantir uma distribuição mais igualitária das vacinas no mundo. A Rede CoVida convida Juan Garay Amores (ENS Madrid), Claudia Chamas (CDTS/Fiocruz), Osvaldo Barreto (Rede CoVida) para debater essas questões no próximo dia 17 de junho, às 16h, no webinário “Covid-19: geopolítica das vacinas”. O evento será apresentado por Luis Eugenio de Souza (Rede CoVida) e mediado por Elsa Sousa Kraychete (Ihac/UFBA). A transmissão será realizada através do canal do Cidacs/Fiocruz no YouTube.

Anote na agenda: “Covid-19: geopolítica das vacinas”
Quando: 17/06 (quinta-feira), às 16h
Inscrições: clique aqui 
Ative o lembrete: canal do Cidacs/Fiocruz 

Deixe uma resposta